8 motivos que explicam a dificuldade em perder peso

8 motivos que explicam a dificuldade em perder peso

8 motivos que explicam a dificuldade em perder peso

Sim, tá cheio de gente que faz 'dietas mirabolantes', acha que tá fazendo o regime certo para perder peso, mas não perde.

Às vezes, ganha mais peso do que tinha antes de começar a dieta. 

Isso porque a pessoa 'acha' que tá fazendo o que é certo, mas na verdade não está. Nem um pouco.

São várias as explicações para isso. A gente listou 8 que explicam por que você não consegue perder peso.

a gente, além de trazer o problema, traz a solução. Porque a gente não deixa você na mão!

 

1. Sono insuficiente

Não é só a alimentação e os exercícios físicos que te ajudam ou dificultam a perda de peso.

O sono é muito importante nesse processo e dormir pouco ou dormir mal prejudica a perda de peso.

Isso porque o sono tem influência no controle do apetite e do gasto de calorias, já que dormir pouco provoca alterações nos hormônios que controlam a fome.

Além disso, quem dorme muito pouco pode ter mais vontade de comer alimentos calóricos, ricos em carboidratos, como doces e massas, aumentando a ingestão calórica, que contribui ainda mais para o ganho de peso.

 

2. TPM

A TPM provoca sintomas que dificultam o controle e a perda de peso. É difícil controlar e evitar a TPM, mas existem algumas estratégias que as mulheres podem adotar para diminuir seus sintomas.

Um dos principais motivos para a TPM prejudicar o controle de peso é o aumento do apetite e vontade de comer doce.

Para evitar isso, as mulheres podem comer de 3 em 3 horas, pois ajuda a controlar o apetite.

É claro que essas refeições precisam ser saudáveis e respeitar a quantidade de calorias necessárias para a perda e controle de peso.

Outra dica é consumir suplementos com Picolinato de Cromo, que ajuda a controlar a glicemia e com isso ajuda a reduzir o apetite e o acúmulo de gordura corporal.

 

3. Baixo consumo de proteína

Algumas pessoas acham que para emagrecer basta reduzir a quantidade de comida que está acostumada, mas não é bem assim.

Reduzir a ingestão de calorias realmente ajuda no emagrecimento e no começo pode funcionar bem, mas você pode estacionar naquele peso.

É preciso reduzir a ingestão de calorias equilibrando a quantidade de macronutrientes consumidos ao longo do dia.

Uma grande redução de proteína, por exemplo, pode prejudicar a perda de peso.

A proteína é um nutriente essencial para a manutenção e ganho de massa muscular, e quanto mais massa muscular, mais acelerado o seu metabolismo em repouso, ou seja, você queima calorias parado..

A proteína tem um maior efeito térmico, isso significa que quando você consome proteína, o seu corpo gasta mais energia para digerir e absorver o nutriente, o que também eleva seu gasto de calorias.

 

4. Cozinhando errado

A forma como algumas pessoas cozinham pode aumentar muito o número de calorias de um alimento, prejudicando a perda de peso.

Então, não basta um alimento ser saudável e/ou ter pouca calorias, ele precisa ser preparado e consumido da forma correta.

Por exemplo, a berinjela é um alimento com poucas calorias e muito comum nas dietas de emagrecimento, mas algumas pessoas optam por consumir a berinjela empanada e frita.

A fritura, de qualquer alimento, eleva a quantidade de gordura e calorias dele.

Ou seja, quando você come um alimento frito, você está ingerindo muito mais calorias e gorduras do que se tivesse consumindo o mesmo alimento cozido ou grelhado.

Para não aumentar a quantidade de calorias e gordura de um alimento, prefira sempre consumi-lo cozido, ao vapor, grelhado, entre outros.

Isso vale para qualquer alimento. Além disso, não exagere no azeite para temperar as saladas.

 

 5. Finais de semana

Algumas pessoas seguem uma dieta regrada a semana toda, mas deslizam nos fins de semana.

É normal comer algo fora da dieta, mas você não pode encarar o fim de semana como um dia que você pode comer quanto e o que quiser.

No começo, você até pode perder bastante peso comendo algumas besteiras no final de semana, mas cada vez vai ficar mais difícil de você conseguir perder peso com as fugidas da dieta.

Tenha uma alimentação saudável e regrada no final de semana, como um dia qualquer, e se precisar sair da dieta, tente fazer ao máximo as escolhas mais saudáveis.

Se você tiver uma festa ou comemoração, come algo antes de ir, assim você evita consumir muitas besteiras e você vai conseguir controlar melhor o que vai comer e beber.

 

6. Treinos irregulares

Claro que você deve saber disso. Mas pode ser a peça chave do quebra cabeças. 

Treinar de forma irregular ou pouco pode sim ser o grande vilão para atingir seus resultados.

De uma forma simples, podemos ilustrar essa inconsistência contando calorias.

Se você se planeja treinar 4 vezes na semana, mas na prática acaba faltando em duas, supondo que gasta em média 400 kcal por treino, você na semana gasta em média 800kcal por treino.

Se fizesse as 4 vezes na semana, seria o dobro de benefícios, 1600 kcal!

Sem contar o ganho de massa muscular que vai te ajudar a gastar mais calorias no dia a dia, mesmo parado. Ou seja, essa inconsistência só te faz perder!

As recomendações da OMS para perda de peso são:

  • Mínimo de 3 X por semana 1 hora de atividades vigorosas

  • 30 minutos todos os dias de atividades moderadas

  • Mínimo de 150 minutos semanais com atividades vigorosas e moderadas intercaladas.

Mas é claro que isso vai depender dos seus objetivos e atividades realizadas.

 

7. Sobrecarga adicional

Fazer o mesmo treino pode sem dúvida alguma atrapalhar seus resultados, especialmente quando falamos em perda de peso.

Um dos princípios mais importantes do treinamento físico é o da sobrecarga, e você sempre deve adicionar uma carga extra se quiser evoluir.

Ficar sempre com o mesmo treino, volume e intensidade vai te fazer ficar no mesmo lugar.

Albert Einstein disse brilhantemente: "Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes". 

Se o gênio disse, vamos então tentar sempre variar o treino. Seja no volume ou na intensidade, dê sempre estímulos levemente superiores ao anterior! 

Se for na academia, pode tentar aumentar a carga do peso levantado ou aumentar uma ou duas repetições.

Já se for na corrida, pode tentar correr um pouquinho mais ou um pouquinho mais rápido. 

Mas jamais faça as duas alterações ao mesmo tempo e sempre conte com a orientação de um bom profissional.

 

8. Bebidas alcoólicas

Outro fator que pode estar impedindo a perda de peso é o consumo de bebidas alcoólicas, mesmo que você siga uma rotina de exercícios e uma dieta regrada.

É comum ver pessoas fazendo dietas sem abrir mão das bebidas alcoólicas, mas isso com certeza vai limitar os resultados que a pessoa deseja.

As bebidas contém geralmente alto número de calorias e algumas ainda são utilizadas para preparar drinks com açúcar e outros ingredientes que também possuem muitas calorias.

Esse alto número de calorias só vai prejudicar a perda de peso. Além disso, o consumo de álcool pode prejudicar seu desempenho no treino, atrapalhando ainda mais o processo de emagrecimento.