Dicas fáceis para acelerar o metabolismo

Dicas fáceis para acelerar o metabolismo

Dicas fáceis para acelerar o metabolismo

Quando uma vacina segura e eficaz contra a Covid-19 estiver disponível à população, é provável que apenas os adultos sejam imunizados primeiro. As crianças, grupo de menor risco para o novo coronavírus, entraram há pouco tempo em testes clínicos pontuais - dos quatro autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), apenas um engloba pessoas a partir de 16 anos. Por isso, especialistas ouvidos pelo Estadão afirmam que poderá levar meses para que crianças e adolescentes sejam vacinados. Há quem diga que o imunizante para eles possa chegar somente depois de 2021.

 

No Brasil, entre os testes clínicos autorizados, o que engloba participantes mais jovens é o produzido pela Pfizer com a BioNTech, que vai avaliar o produto em adolescentes a partir dos 16 anos e adultos. Já a vacina da Universidade de Oxford e da AstraZeneca incluiu idosos e crianças de 5 a 12 anos nos testes de fase 2 apenas no Reino Unido. Aqui, a farmacêutica informou que "a prioridade atual é reunir evidências sobre o potencial da vacina para proteger as populações mais vulneráveis a resultados graves".

 

No caso da vacina produzida pela Johnson&Johnson, também no Brasil, o estudo clínico de fase 3, cujo início foi anunciado quarta-feira, vai avaliar a segurança e a eficácia do produto em cerca de 60 mil adultos com idades acima de 18 anos. Ainda não há informações sobre a inclusão de crianças nos testes.

 

Pensar em uma vacina para esse público exige certo cuidado, porque crianças não são simplesmente adultos em miniatura. Elas podem ter resposta imunológica diferente dos mais velhos e precisar de doses diferentes também. Especialistas afirmam que, no caso do imunizante contra a Covid-19, os dados epidemiológicos e os primeiros achados sobre os impactos da doença nortearam as pesquisas. Desse modo, o foco está nos grupos com mais risco de complicações, situação que não contempla as crianças.Me diz: quem não tem vontade de dar aquele “turbo” no metabolismo? Se você não deseja, com certeza é uma daquelas pessoas morremos de inveja. Ou seja, é quem come, come, come mais um pouco, come de novo mas não engorda. Piadas à parte, receber dicas fáceis para acelerar o metabolismo ajuda muita gente, principalmente quem busca emagrecer.

 

Desse modo, se você está se esforçando bastante para manter uma boa relação com a balança, porém não consegue dar tchau para os quilos a mais, o culpado, provavelmente, é o metabolismo. Isso porque a perda de gordura não depende apenas da quantidade de calorias que você ingere. O processo de emagrecimento é diretamente influenciado pelo modo como seu organismo transforma calorias em energia.

 

Logo, quem possui metabolismo mais lento tem mais dificuldade em emagrecer. No entanto, não se desespere! Embora ele seja um fato determinado pela genética, existem maneiras fáceis de acelerar o metabolismo. 

 

As células do nosso corpo precisam de energia para realizar suas tarefas. Sabe de onde vem essa energia? Das calorias presentes nos alimentos que comemos. Isso posto, o metabolismo diz respeito ao sistema que transforma calorias em energia. Logo, ele é um conjunto de reações químicas responsáveis por manter nosso organismo vivo.

 

Vale ressaltar que o metabolismo é influenciado por inúmeros fatores, como idade, hormônios, massa muscular, exercícios físicos e alimentação. Diante disso, indivíduos mais novos, praticantes de atividades físicas e com mais massa muscular, tendem a ter um metabolismo mais acelerado. Consequentemente, queimam mais calorias. Ademais, conforme vamos envelhecendo, nossa massa muscular diminui. Mulheres, por exemplo, chegam a perder entre 10% a 15% de massa muscular entre os 20 e 50 anos.
 

Dicas fáceis para acelerar o metabolismo

 

Ingerir alimentos certos

Aposte em alimentos termogênicos, como a pimenta, gengibre, café, canela e chá verde. Tais alimentos possuem propriedades que contribuem para acelerar o metabolismo. Além disso, busque se alimentar de forma saudável, consumindo vegetais, proteínas e gorduras boas. Esses hábitos geram um equilíbrio e ajudam o organismo a funcionar de uma maneira melhor.

 

Beba bastante água

Para o metabolismo funcionar a todo vapor, ele precisa de muita hidratação. Desse modo, se a água estiver mais gelada, o organismo terá que gastar energia para deixá-la igual a sua temperatura corporal.

 

Se exercite

Já percebeu que exercícios físicos são bons para tudo, não é mesmo? Além do corpo gastar energia para treinar, a atividade física estimula o metabolismo a continuar acelerado por cerca de 4 horas. Sendo assim, praticar exercício 2 vezes ao dia, por exemplo, faz com que seu corpo tenha que gastar mais calorias durante cerca de 8 horas.

 

Durma bem

Dormir bem é essencial para perder peso. Isso porque uma má qualidade do sono podem interferir negativamente nos seus hormônios e na queima de carboidratos. Sabe o que resulta disso tudo? Você fica sem disposição e com irritação.